Relógio

segunda-feira, 27 de julho de 2009

PLANO DE AÇÃO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO

Indicador I - Articulação do Coordenador de Gestão Pedagógica para integração da equipe e elaboração coletiva do Plano de Ação da Coordenação.
Ação - Articular com a equipe de gestão para a elaboração do Plano de Ação.
Metodologias:

  • Diagnóstico dos problemas enfrentados pela Coordenação;
  • Socialização do documento baseado no diagnóstico;
  • Elaboração do Plano de Ação;
  • Discussão e sistematização do Plano da Coordenação para exercício de 2009 com o apoio das Técnicas de Gestão/SEDUC.

Meta - Pretende-se atingir 75% de integração e participação da equipe na elaboração do Plano de Ação.

Indicador II - Articulação e efetividade do trabalho da Coordenação de Gestão e demais coordenações da DRE.
Ação - Integrar com as demais coordenações para efetivar o trabalho em equipe.
Metodologias:

  • Elaboração de cronograma de forma coletiva para realização dos trabalhos às U. Es;
  • Reunião com as coordenações para socialização analise avaliação e devolutivas;
  • Encaminhamento de documentos referentes à gestão para demais setores conforme os assuntos específicos.

Meta - Espera-se alcançar 75% de integração e efetividade do trabalho da gestão com as demais coordenações.

Indicador III - Subsidio e monitoramento do PPP (PEA e PDE-Escola), verificando a coerência com as metas e estratégias propostas como marcos orientadores da educação oferecida pela escola, de modo a orientar propostas de melhoria (Gestão Participativa – Indicador 1 e 2)
Ação - Subsidiar e Monitorar o PPP das unidades escolares para verificação da efetividade das ações, bem como propor intervenções de melhoria.
Metodologias:

  • Orientação às escolas através de documentos para a reestruturação do PPP baseado no instrumento da auto avaliação;
  • Orientação às escolas através de discussão do edital do PEA com os Suportes Pedagógicos na Formação Continuada;
  • Acompanhamento in loco sistematizado as escolas através do instrumento 2 e devolutivas;
  • Avaliação dos resultados das ações propostas, através de instrumentos e devolutivas.

Meta - Pretende-se que 75% dos PPP das U.E’s sejam monitorados e as ações sejam executadas de forma efetiva.

Indicador IV - Subsidio e acompanhamento da auto avaliação da escola, de modo a perceber a mobilização da Associação de Apoio à Escola, a fim de que a auto-avaliação seja realizada de forma abrangente, participativa e dinâmica, verificando a coerência com os planejamentos da escola.
Ação 1: Motivar a participação das unidades escolares no Prêmio Gestão;
Metodologias:

  • Realização de oficinas in loco, na sede, com a participação da equipe escolar;
  • Orientação às escolas através de documentos para elaboração do instrumento da auto avaliação;

Meta 1 - Espera-se que 50% das U.E’s participem do Premio Gestão;

Ação 2: Monitorar as unidades escolares para verificar se há consonância das ações planejadas com a auto avaliação da escola.
Metodologias:

  • Análise do documento pelo Comitê Regional das escolas concorrentes ou não e devolutivas.
  • Acompanhamento in loco das ações planejadas e devolutivas.

Meta 2 - Espera-se que das escolas monitoradas 75% estejam com as ações planejadas em consonância com a auto avaliação.

Indicador V - Orientação e monitoramento da organização do espaço e do tempo escolares, práticas de conhecimento e observância da legislação relativa à carga horária, horários de aula e hora atividade, de modo a assegurar a qualidade do ensino e o atendimento às necessidades de aprendizagem dos alunos. (Gestão Pedagógica – Indicador 6; Gestão de Pessoas – Indicador 5)
Ação 1 - Monitorar e avaliar as unidades escolares estaduais, municipais, conveniadas e privadas, quanto à regularização dos cursos, atendendo às normas educacionais vigentes.
Metodologias:

  • Verificação dos atos a distancia;
  • Acompanhamento in loco para verificar as condições de funcionamento das U. E´s, elaboração de relatórios, pareceres e montagem dos processos, exceto nas escolas municipais quando solicitado;

Meta 1 - Regularização de cursos em 100% das U.E’s estaduais, conveniadas e privadas atendendo às normas educacionais vigentes;

Ação 2 - Orientar e Monitorar as unidades escolares para garantir o cumprimento da legislação vigente.
Metodologias:

  • Promoção de estudos das Leis, Instrução Normativas, Resoluções e Pareceres, com a equipe da secretaria das UE's;
  • Acompanhamento in loco da organização do horário das aulas, cumprimento dos 200 dias letivos e da estrutura curricular vigente e devolutiva.

Meta 2 - Espera-se que 100% das U.E’s estejam orientadas e cumprindo a legislação educacional vigente.

Indicador VI - Orientação à equipe diretiva da escola para o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras com os professores no atendimento às diferentes necessidades e ritmos de aprendizagem dos alunos, com a utilização adequada de recursos didáticos e tecnologias educacionais que favoreçam o trabalho em equipe, a interdisciplinaridade, a contextualização e a apropriação dos saberes. (Gestão Pedagógica – Indicador 4)
Ação 1 - Monitorar a aplicabilidade das tecnologias nas práticas pedagógicas;
Metodologias:

  • Acompanhamento in loco para verificar junto à equipe diretiva à aplicabilidade dos recursos tecnológicos nas práticas pedagógicas dos professores;
  • Avaliar os resultados da utilização dos recursos didáticos tecnológicos no processo de ensino e aprendizagem.

Meta - Pretende-se que das escolas monitoradas 40% estejam aplicando as práticas tecnológicas com resultados significativos na aprendizagem.

Indicador VII - Orientação e monitoramento do Conselho de Classe quanto às práticas de análise dos resultados de aprendizagem (avanços alcançados e dificuldades enfrentadas pelos alunos). Gestão Pedagógica – Indicador 2
Ação 1 - Orientar e monitorar a equipe gestora sobre o Conselho Classe.
Metodologias:

  • Capacitar a equipe diretiva, com oficina, para estudo sobre o Conselho de Classe quanto às práticas de análise dos resultados de aprendizagem.
  • Elaborar um instrumento sistematizado de acompanhamento e avaliação sobre o Conselho de Classe.
  • Monitorar o Conselho de Classe in loco, com a aplicabilidade do instrumento sistematizado.

Meta - Pretende-se que das escolas orientadas e monitoradas 60% estejam analisando e efetivando as práticas dos resultados de aprendizagem.

Indicador VIII - Apropriação, análise, divulgação e monitoramento dos resultados das avaliações interna-externas e índices como: PES, PROVA BRASIL, ENEM, IDEB e SAEB e proposição de metas de melhoria do rendimento escolar. (Gestão de Resultados Educacionais – Indicador 4)
Ação - Monitorar os resultados das avaliações internas /externas e índices como: PES, PROVA BRASIL, ENEM, IDEB e SAEB na prepositiva de estabelecer metas interventivas para a elevação do rendimento escolar.
Metodologias:

  • Elaborar um instrumento demonstrativo dos resultados de aproveitamento da unidade escolar;
  • Analisar e comparar com a equipe diretiva, os resultados das avaliações interna-externas e índices de aproveitamento escolar.
  • Após avaliação dos dados obtidos, propor metas interventivas para melhoria dos resultados insatisfatórios.

Meta - Espera-se que das UEs monitoradas 70% estejam analisando os índices com o objetivo de melhorar o desempenho dos alunos.

Indicador IX - Orientação e monitoramento das práticas de organização, atualização da documentação, escrituração, registros dos alunos, diário de classe, estatísticas, legislação e outros, para um atendimento ágil à comunidade escolar e ao sistema de ensino. (Gestão de Serviços e Recursos – Indicador 1)
Ação 1 - Monitorar as unidades escolares públicas, privadas e conveniadas, no que se refere à regularização da documentação escolar garantindo a aplicação da legislação.
Metodologias:

  • Verificação in loco do cumprimento do procedimento de matricula, diário de classe, livro de conselho de classe e de regularização vida escolar, orientações e devolutivas quando necessário;
  • Análise do dossiê do aluno, Atas de resultados finais;
  • Análise e registro de certificados e diplomas;

Meta 1 - Espera-se que das UEs monitoradas 100 % estejam cumprindo a legislação vigente.

Ação 2 - Orientar a equipe administrativa, quanto à atualização e organização dos arquivos das UEs, para agilizar a localização dos processos.
Metodologia:

  • Acompanhamento in loco da atualização e organização dos arquivos.

Meta 2 - Espera-se que das UEs orientadas 75% estejam com os arquivos atualizados e organizados.

Indicador X - Orientação, acompanhamento e avaliação da atuação da Associação de Apoio à Escola quanto ao comprometimento, iniciativa e efetiva colaboração no desenvolvimento da gestão escolar. (Gestão Participativa–Indicador 3)
Ação - Acompanhar in loco a atuação das AAE’s.
Metodologia:

  • Capacitar a equipe diretiva, com oficina, para estudo sobre AAE’s quanto às práticas pedagógicas e administrativas no espaço escolar;

Meta - Espera-se que 50% do acompanhamento e execução dos trabalhos sejam realizados efetivamente pela equipe diretiva.

Indicador XI - Articulação, sensibilização, orientação, acompanhamento e avaliação do trabalho do voluntário na escola, junto à equipe diretiva, no sentido de reforçar ações voltadas para a melhoria da qualidade do ensino.
Ação 1 - Articular a equipe diretiva e o voluntariado sensibilizando-o da importância de sua atuação no espaço escolar.
Metodologia:

  • Buscar os membros do voluntariado como parceiros para a realização de ações exitosas e/ou rotineiras na unidade de ensino por meio do plano de ação do “Projeto Sou Voluntário da Escola”;

Ação 2 - Sensibilizar o voluntariado na unidade de ensino.
Metodologias:

  • Realização de encontro com a equipe diretiva e voluntariado para análise e orientação do projeto;
  • Apresentação e discussão das atribuições dos membros do voluntariado;

Ação 3 - Acompanhar e avaliar in loco as ações do voluntariado.
Metodologia:

  • Monitoramento in loco das ações do voluntariado na unidade escolar, as quais serão evidenciadas no instrumento II;

Meta - Pretende-se que 50% das escolas adotem o voluntariado e efetivem suas ações.

Indicador XII - Acompanhamento e avaliação das práticas de estímulo e apoio à organização do Grêmio Estudantil, para que atuem em ações conjuntas, solidárias, cooperativas e comunitárias. (Gestão Participativa – Indicador 3)
Ação 1 - Articular a equipe diretiva e o Grêmio Estudantil sensibilizando-o da importância de sua atuação no espaço escolar.
Metodologia:

  • Promoção de reuniões com os membros do Grêmio Estudantil, capacitando-os com oficina, para elaboração do plano de ação.

Ação 2 - Acompanhar e avaliar in loco a atuação do Grêmio Estudantil nas unidades escolares, respeitando o poder deliberativo do mesmo.
Metodologia:

  • Monitorar in loco a atuação dos membros do Grêmio Estudantil nas UE's, as quais serão evidenciadas no instrumento II.

Meta - Espera-se que 65% dos Grêmios Estudantis realizem suas ações e tenham maior integração com os demais colegiados das U.E.s.

Indicador XIII - Desenvolvimento de ações de fortalecimento da RENAGESTE – Rede Nacional de Referência em Gestão, com a participação dos membros do Comitê regional e instituições parceiras.
Ação 1 - Promover articulação entre os membros do Comitê Regional e gestores educacionais, entre si, e destes com as instituições parceiras.
Metodologias:

  • Realização de reuniões com os membros do Comitê Regional para planejamento das ações a serem desenvolvidas;
  • Composição de grupos de estudo sobre gestão escolar;
  • Realização de Seminário ou Fóruns Regionais da RENAGESTE;
  • Divulgação das ações bem sucedidas em gestão escolar no Blog da Gestão e jornal local.

Ação 2 - Incentivar a leitura da Revista Gestão em Rede e de outras publicações correlatas.
Metodologias:

  • Aquisição de assinatura da revista Gestão em Rede;
  • Produção e divulgação de Artigos sobre gestão escolar.

Meta - Articular e envolver 50% dos membros do Comitê Regional e de instituições parceiras em estudos, discussões, planejamento e execução das ações da RENAGESTE.

Indicador XIV - Subsidio e orientação quanto à gestão e à utilização, de forma apropriada, dos materiais pedagógicos e recursos tecnológicos, para a implementação do PPP da escola. (Gestão de Serviços e Recursos – Indicador 2)
Ação - Estimular a equipe gestora quanto a utilização adequada dos materiais pedagógicos e dos recursos tecnológicos com base no planejamento do PPP.
Metodologia:

  • Realização de oficina com a equipe diretiva abordando a utilização adequada dos materiais pedagógicos e dos recursos tecnológicos.

Meta - Pretende-se que 80% das escolas utilizem os materiais pedagógicos e os recursos tecnológicos de forma adequada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário